20 de Outubro de 2013 - 14h45

Átila espanta a má fase e vence a primeira na temporada

Largando na pole, dono do carro #51 perdeu a liderança para Daniel Serra na primeira volta, mas reassumiu no pit stop
Átila espanta a má fase e vence a primeira na temporada Duda Bairros / Vicar
Enfim Átila Abreu espantou a má fase. Após largar na pole position pela terceira vez na temporada, dessa vez em Curitiba, o sorocabano perdeu a ponta ainda na segunda volta, mas retornou à liderança com uma boa estratégia de pit stop. Antes da vitória deste domingo (20/10), o melhor resultado de Átila na temporada tinha sido justamente na Capital Paranaense, com uma oitava posição. Thiago Camilo cruzou a linha de chegada em segundo e Daniel Serra finalizou em terceiro.

"Acabou a Zica. O mais incrível é que sinceramente não esperava que a vitória viesse aqui. Na corrida passada nosso carro quase sofreu perda total e precisou ser praticamente todo refeito", comentou Átila.
 
A quarta posição só foi definida nas últimas curvas da corrida. Cacá Bueno ultrapassou Ricardo Maurício faltando duas voltas. No último giro, Ricardinho utilizou o botão de ultrapassagem Shell V Power e consegui dar o troco, fechando a corrida em quarto. Cacá terminou em quinto.
 
"No sábado fizemos um bom trabalho e a pole acabou vindo de forma inesperada. Mesmo assim, imaginava que seria complicado no domingo porque alguns adversários como Daniel Serra, Tiago Camilo, Cacá Bueno e Ricardinho Maurício apresentaram uma performance bem consistente de pneu usado e achávamos que seria difícil acompanhar", disse Átila.
 
"Depois da largada sustentei a ponta mas percebi que o Daniel Serra era mais rápido e não havia motivo para brigar com ele naquela altura. Permiti a ultrapassagem e me concentrei em fazer meu ritmo, para não correr o risco de consumir muito os pneus", contou o vencedor.

Veja como terminou a corrida
1. Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing) - 31 voltas em 42min22s587
2. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 2.044
3. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 6.809
4. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 7.167
5. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 7.458
6. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) –a 14.059
7. Marcos Gomes (Carlos Alves Competições) –a 16.199
8. Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing) – a 18.288
9. Ricardo Zonta (BMC Racing) – a 21.024
10. Valdeno Brito (Shell Racing) – a 22.485
11. Rubens Barrichello (Full Time Competições) – a 22.959
12. Diego Nunes (RC3 Bassani) – a 24.925
13. Popó Bueno (Shell Racing) – a 26.785
14. Allam Khodair (Vogel Motorsport) – a 31.872
15. Rafa Matos (Hot Car Competições) – a 32.608
16. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – a 33.001
17. Tuka Rocha (BMC Racing) – a 34.298
18. Lico Kaesemodel (Boettger Competições) – a 46.259
19. Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing) – a 48.050
20. Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições) – a 52.870
21. Vitor Genz (Gramacho Competições) – a 52.930
22. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 57.248
23. Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 1:11.715
24. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 1 volta
25. Fabio Fogaça (Vogel Motorsport) – a 1 volta
26. Duda Pamplona (Officer ProGP) – a 1 volta
27. Ricardo Sperafico (Officer ProGP) – a 1 volta
28. Wellington Justino (Hot Car Competições) – a 1 volta
29. Felipe Lapenna (Hanier Racing) –a 7 voltas
30. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – a 7 voltas
31. Gabriel Casagrande (RC3 Bassani) – Não completou
32. Luciano Burti (Boettger Competições) – Não completou
33. David Muffato (Carlos Alves Competições) – Não completou
34. Alceu Feldmann (Full Time Competições) – Não completou
Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x