30 de Novembro de 2014 - 13h09

Poça de óleo põe fim

Ao sonho de Thiago Camilo
Poça de óleo põe fim Fernanda Freixosa/Vicar

Uma poça de óleo pôs fim ao sonho do título da Stock Car para Thiago Camilo logo na segunda volta da corrida que encerrou a temporada 2014 e consagrou Rubens Barrichello campeão. O piloto da Ipiranga RCM largou em 5º e se manteve nessa posição, atrás de Cacá Bueno. Quando estava pressionando o adversário, na segunda volta, Camilo rodou numa poça de óleo deixada pelos acidentes que envolveram alguns carros dos pelotões de trás na largada, e foi atingido pelo carro de Ricardo Zonta.

“Eu tinha carro para disputar a vitória e fazer a minha parte”, disse Camilo, que precisava vencer e torcer para Rubens Barrichello chegar em 9º e Átila Abreu em 3º para ser campeão no Autódromo Internacional de Curitiba. No fim, Átila chegou em 2º e Rubinho em 3º. “Infelizmente aconteceu um acidente de corrida, quando o carro passa no óleo não há o que fazer. Mas tivemos um ano competitivo, brigamos pelo campeonato até a última corrida e vamos voltar em 2015 para buscar o título”, concluiu o piloto de 30 anos.galid

Galid Osman largou em 16º e teve uma corrida bem movimentada. Ganhou posições e estava em 11º quando rodou na mesma poça de óleo que o companheiro de Ipiranga RCM. Voltou à pista em 14º. No fim da prova travou uma disputa com o campeão de 2013, Ricardo Mauricio, e acabou em 15º. “Vinha fazendo uma corrida interessante e poderia chegar entre os 10 se não tivesse rodado. Mesmo com apenas metade dos acionamentos do botão de ultrapassagem por causa de uma punição, eu estava ganhando posições. No fim, o Ricardinho ainda tinha botão de ultrapassagem para usar e eu não, e não houve como segurar a posição. Mesmo assim, deu para sentir que o carro acabou 2014 bem competitivo, e é assim que queremos começar 2015”.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x