5 de Abril de 2015 - 16h02

Átila Abreu supera posições ruins no grid, acidente e punição para ser terceiro em Ribeirão Preto

Piloto da equipe Mobil Super Racing conquista 17 posições na corrida curta
Átila Abreu supera posições ruins no grid, acidente e punição para ser terceiro em Ribeirão Preto Duda Bairros/Vicar

Átila Abreu não venceu neste domingo. Mas sustentou a majestade conquistando nada menos que 17 posições na corrida curta para subir ao pódio pela quarta vez no interior paulista.

Foi um desfecho memorável, para um final de semana que se anunciava trágico para o carro #51. Na prova de classificação, realizada no sábado, o representante da equipe Mobil Super Racing levou azar: seu grupo de qualificação foi o que pegou a pista mais molhada, o que não permitiu ao vice-campeão da Stock Car alinhar além do 24º lugar no grid.

Preparado para uma jornada de recuperação no domingo, o sorocabano escalou o pelotão e já disputava a 11ª posição com o carro #12 na metade da corrida longa. Os dois se tocaram, e os comissários desportivos acharam por bem punir o representante da Mobil Super Racing com drive-thru, implodindo a estratégia traçada no box (lutar pelo top10 na prova longa e conquistar uma posição mais favorável de largada na segunda bateria, em razão do grid invertido).

Então Átila e Thiago Meneghel, chefe da equipe Mobil Super, tiveram a sacada que fez toda a diferença. O carro #51 foi chamado para box e trocou os quatro pneus de chuva por slicks. Terminou a corrida longa em 20º, conquistando o primeiro ponto em 2015.

Largando no final da décima fila para a prova de 28 minutos, Átila soube tirar proveito dos pneus mais adequados para a circunstância da pista. A despeito de duas intervenções do safety-car terem interrompido o ritmo normal da prova, o carro #51 protagonizou grandes disputas para receber a bandeirada em terceiro lugar.

"A ultrapassagem sobre o Vitor Genz foi no último momento. A temperatura da água do meu carro estava em 103 graus, que é justamente quando entra em modo de segurança. Se não passasse ali, teria abandonado", revelou o piloto depois da cerimônia de pódio.

"Foi um final de semana bem difícil, mas nunca deixei de acreditar e o pódio no final coroou nossa atitude. A gente prometia brigar pela vitória, então aconteceram diversos contratempos: a pista molhada na tomada, uma punição que achei injusta, a parada no box... Fico contente pelos pontos e vamos trabalhar mais ainda no Velopark", frisou Átila.

Ele agora é 11º colocado no campeonato, com os 17 pontos conquistados na pista de rua de Ribeirão Preto.

A próxima etapa da Stock Car acontece dentro de três semanas no Velopark, com nova rodada dupla. A jornada vai marcar a centésima corrida de Átila Abreu na categoria.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x