9 de Junho de 2015 - 10h10

Novo pódio para Valdeno e Átila na Europa

Dupla do BMW Z4 #77 termina a Corrida Principal em Zolder na terceira colocação e assume a vice-liderança do Blancpain Sprint Series. Cacá Bueno e Sérgio Jimenez também ficam bem próximos do pódio, cruzando a linha de chegada em quarto
Novo pódio para Valdeno e Átila na Europa Divulgação

Mais um pódio para os pilotos do Circuito Schin Stock Car na Europa nesta temporada 2015 do Blancpain Sprint Series. Neste domingo (dia 7), no circuito de Zolder, na Bélgica, Átila Abreu e Valdeno Brito conquistaram o terceiro pódio na categoria este ano, cruzando a linha de chegada na terceira colocação na Corrida Principal. Os companheiros Cacá Bueno e Sérgio Jimenez ficaram logo atrás, chegando em quarto. A vitória fioi novamente da dupla Robin Frijns e Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), que lidera a competição, com 68 pontos. Abreu e Valdeno são agora os vice-líderes, com 41 pontos. O BMW Team Brasil também é o vice-líder no campeonato de equipes.

A prova deste domingo, como a do dia anterior, começou com um acidente logo na largada, quando o Bentley #84 e a Ferrari #333 se tocaram. Pior para a Ferrari, que ficou na brita. Abreu, que largou com o BMW Z4 #77, pulou de quinto para segundo e travou uma dura batalha com o Audi #2, que acabou ultrapassando o carro brasileiro. Bueno, que largou com o BMW Z4 #0 em sexto, também ganhou uma posição na largada.

No pit stop do carro 77, Abreu e Valdeno enfrentaram um problema com o cinto de segurança e acabaram perdendo uma posição. Já Cacá e Jimenez fizeram uma parada perfeita e os mecânicos brasileiros ganharam mais uma fez a disputa do Pit Stop Challenge, com a troca mais veloz do final de semana.

De volta à pista, Valdeno se manteve em terceiro, mas sofreu pressão de Jimenez no final. Os dois carros do time brasileiro, comandado por Antonio Hermann e Washington Bezerra, cruzaram a linha de chegada colados.

"Um final de semana que começou quase perdido, com a perda da melhor volta no classificatório e que nos fez largar de 15º na prova de sábado. Terminar a Corrida Principal no pódio é mérito do trabalho de toda a equipe. Infelizmente, hoje, tivemos um problema com o cinto de segurança, que nos fez perder a segunda posição nos boxes, mas creio que o terceiro lugar era mesmo o melhor que poderíamos", comentou o paraibano Valdeno Brito.

"No final, como não dava para atacar o segundo colocado, apenas administrei a vantagem para o Jimenez, tentando não cometer erros, pois o carro começou a ficar desequilibrado. Estar em segundo lugar em um campeonato mundial é realmente muito gratificante", comemorou o piloto, que ao lado de Abreu já tinha subido ao pódio em Brands Hatch, na Inglaterra, com dois segundos lugares. Vale lembrar que a dupla não disputou a primeira etapa do ano, em Nogaro (Fra), pois a data coincidia com a Stock Car. Naquela prova, o time brasileiro venceu uma das corridas com Dirk Müller e Maxime Martin, que correram como convidados.

Abreu também deixou a pista belga bastante satisfeito. "Um final de semana bem difícil, bem tumultuado, mas junto com a equipe conseguimos fazer a ‘lição de casa’ e sair com mais um pódio. Três pódios em quatro corridas nos deixa muito felizes. Quando a gente lembra que largamos em 15º ontem, nem mesmo o mais otimista poderia imaginar que brigaríamos pelo pódio, mas com a boa largada do Valdeno ontem, a gente chegando em quinto, animou um pouco mais", lembrou o piloto de Sorocaba, no interior de São Paulo.

"Hoje, sabíamos que para ter alguma chance, precisaríamos largar bem e consegui largar melhor do que eu esperava, pulando para segundo. Fizemos o pit logo que abriu a janela, mas pela primeira vez tivemos um problema e não conseguíamos encaixar o cinto. Eu e o Valdeno ‘batemos um pouco a cabeça ali’ e perdemos um tempo precioso, o que nos custou a segunda posição. Mas foi um resultado dentro do ritmo que nós tínhamos. Estamos muito felizes, somos vice-líderes do campeonato, mesmo não tendo disputado uma corrida, a equipe vem fazendo um grande trabalho, só temos a comemorar e continuar trabalhando para extrair resultados cada vez melhores, e seguir na briga pelo título", finalizou Abreu.

Já Jimenez lamentou não terem chegado ao pódio. O BMW Z4 #0 tinha tudo para brigar por um resultado melhor desde a prova de sábado, quando largou em oitavo, mas para evitar um acidente Jimenez foi obrigado a ir pra brita e caiu para último na largada. Mesmo assim, ele e Cacá fizeram uma excelente prova de recuperação, chegando em sexto. E, neste domingo, ficaram bem próximos do terceiro lugar.

"Trabalhamos bem. Perdemos o pódio na largada de ontem, principalmente. Hoje, também teve um acidente logo na largada e o Cacá teve de frear e perdemos um pouco. Em compensação, nosso pit foi ótimo, tanto que ganhamos como o melhor pit stop do fim de semana. Para a equipe foi um grande resultado, mas para o carro 0 fica o gosto amargo do quase pódio novamente", disse Jimenez, que ao lado de Cacá, ocupa a sexta posição no campeonato.

A próxima etapa do Sprint Series será entre os dias 3 a 5 de julho, nas ruas de Moscou, na Rússia. Antes, porém, o time brasileiro disputa a 3ª etapa da série endurance, em Paul Ricard, na França, nos dias 19 e 20 deste mês.

Neste final de semana, a organização do Blancpain Sprint Series também anunciou a mudança de data e local da última etapa de 2015. A prova final, programada inicialmente para Baku, no Azerbaijão, no final de outubro, será disputada agora em Zandvoort, na Holanda, nos dias 10 e 11 de outubro.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x