12 de Agosto de 2015 - 10h10

Regularidade, sempre ela. Por quê Marcos Gomes é o líder

Líder é o único que pontuou em todas as etapas do campeonato, daí sua vantagem na ponta
Regularidade, sempre ela. Por quê Marcos Gomes é o líder Fábio Davini/Vicar

A liderança de Marcos Gomes (Voxx Racing) no Circuito Schin Stock Car pode ser explicada pela regularidade que o paulista de Ribeirão Preto vem mantendo desde a abertura do calendário na mesma pista de Goiânia que recebe neste fim de semana a esperada Corrida do Milhão. O filho do tetracampeão Paulo Gomes foi o único a pontuar nas seis etapas já realizadas, garantindo os 25 pontos que abriu de vantagem sobre o segundo colocado Júlio Campos (Prati-Donaduzzi). O paranaense encontrou o seu dia para ser esquecido em Santa Cruz do Sul, onde chegou comandando a classificação e acabou caindo para a 4ª colocação com um 31º e um 16º lugares.

A má sorte no interior gaúcho foi o ponto fora da curva na temporada de Campos. "Nossa meta é procurar somar pelo menos 24 pontos a cada rodada dupla. Essa corrida em Santa Cruz, portanto, é que está fazendo toda a diferença", observa o curitibano, que em maio ganhou sua segunda prova na categoria e se tornou o primeiro local a vencer dentro de casa. A exemplo de março, evento especial que contou com a participação de convidados especiais correndo em dupla com os titulares, a rodada de domingo em Goiás será simples. Ou seja, apenas 24 pontos - e não os 39 habituais - estarão em jogo.

A Prati-Donaduzzi, no entanto, não vai esperar pelos acidentes de percurso dos rivais e se preparou intensamente para a etapa que pagará o cobiçado prêmio de um milhão de reais ao vencedor. Os carros de Campos e seu companheiro Antonio Pizzonia, que ocupa a 15ª posição no campeonato, deveriam seguir nesta terça-feira para a Região Centro-Oeste. Nos últimos dias, a equipe treinou intensamente a troca de pneus. "Essa é uma operação que pode decidir a corrida. E precisa ser exercitada sempre porque é um momento de enorme tensão para os mecânicos. Um errinho ou uma porca defeituosa podem ser fatais, mas esses problemas acontecem até mesmo na Fórmula 1", observa o uruguaio Juan Carlos "Mico" Lopez, diretor-técnico da equipe.

"Mico" recebeu com satisfação a informação de que, a partir da Corrida do Milhão, os comissários técnicos da CBA ficarão atentos ao cumprimento das regras que envolvem o extrator dianteiro. Segundo ele, várias equipes vinham posicionando o "spoiler" de maneira em conflito com as regras e obtendo um ganho considerável em pressão aerodinâmica. "Essa vantagem vai desaparecer. Com isso, elas deverão perder rendimento e aquelas que vinham cumprindo o regulamento com exatidão, como é o nosso caso, serão beneficiadas", afirmou.

A programação em Goiânia será aberta na tarde de sexta-feira, com a realização do shakedown de 10 minutos para cada um dos dois grupos de 16 carros e o primeiro treino livre com duração de 40 minutos por piloto. A tomada de tempos para a formação do grid está marcada para as 12h10 de sábado, depois do segundo e último ensaio livre. Domingo, com transmissão ao vivo da TV Globo, a largada será autorizada às 10h43 (Brasília).

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x