19 de Agosto de 2015 - 14h33

Problema técnico impede Ricardo Maurício de lutar pelo milhão

Max Wilson pontua e é o quinto colocado na geral com 110 pontos, empatado com Rubens Barrichello
Problema técnico impede Ricardo Maurício de lutar pelo milhão Duda Bairros/Vicar

A etapa de Goiânia, valendo um milhão de reais começou com uma largada brilhante de Ricardo Maurício, mas, ele foi surpreendido por problemas técnicos, que tiraram dele o bicampeonato da Corrida do Milhão. O piloto da Eurofarma-RC, vencedor da prova em 2010, pulou do oitavo para o segundo lugar antes do fim da primeira volta. Daniel Serra também deu um salto para a primeira posição e se manteve na liderança até o momento do pit stop.

Após 18 voltas e com o box aberto, Ricardo Maurício foi um dos primeiros a entrar para o abastecimento. A estratégia foi a troca dos dois pneus do lado esquerdo e em menos de 14 segundos ele já estava na pista em primeiro lugar. Mas, minutos depois, o carro sofreu queda de pressão, o motor entrou em modo de segurança e apagou. "Ainda não sabemos porque isso aconteceu, o Ricardo tinha um ótimo ritmo de corrida e tudo apontava para uma vitória", comenta o chefe de equipe Rosinei Campos. Com o ocorrido, ele fechou a prova em trigésimo lugar, mantendo os 70 pontos da classificação final.

Max Wilson largou no décimo sexto lugar, foi tocado na primeira volta, mas conseguiu manter o ritmo e ao longo dos 45 minutos de prova conquistou dez posições. Com o bom resultado, conquistou mais 15 pontos e agora é o quinto colocado na classificação geral.

A etapa de Goiânia é a sétima do calendário do Circuito Schin Stock Car e marca o início da segunda fase da temporada. A partir de agora, o cenário dos possíveis campeões começa a ser desenhado e cada ponto pode ser fundamental para a grande final, marcada para dezembro, em São Paulo.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x