17 de Outubro de 2015 - 17h11

Provas em Curitiba podem favorecer estratégias na base do "tudo ou nada"

Alto consumo de combustível fará com que as paradas de boxes sejam mais demoradas para reabastecimento, podendo favorecer estratégias arriscadas para quem pensar apenas na vitória da corrida 1
Provas em Curitiba podem favorecer estratégias na base do Duda Bairros/Vicar

A previsão dos chefes de equipe de que a décima etapa do Circuito Schin Stock Car, que será disputada em Curitiba, teria um dos maiores consumos de combustível da temporada foi confirmada após a realização dos treinos livres e classificatórios ontem e hoje no autódromo paranaense.

"O consumo está bem acima da média e por isso o tempo de parada será bem maior para os carros que quiserem fazer a rodada dupla apenas com o pit stop obrigatório, sem ter que parar novamente na corrida 1 ou 2", explica Rodolpho Mattheis, chefe da equipe Shell Racing. Ao contrário da rodada passada, em Campo Grande, desta vez não será liberado o abastecimento entre a prova 1 e 2 no grid.

Por isso, os carros podem ter que fazer paradas de 15 a 20 segundos - o que pode permitir que alguns pilotos optem por estratégias bem ousadas, parando menos e arriscando ficar sem combustível para ganhar posições com o tempo menor de parada.

Já para as equipes que estão entre as dez melhores, a estratégia deve ser mais conservadora - afinal, uma boa pontuação nas duas corridas pode ser garantido com um top-10 na primeira, que rende as dez melhores posições no grid da prova 2 (com a inversão do resultado de chegada).

É o caso da dupla da Shell Racing, Valdeno Brito, que largará na quinta fila, e Ricardo Zonta, que parte da sexta. "Conseguimos um bom resultado mesmo tendo perdido no treino de manhã uma chance de conseguir evoluir melhor o ajuste do carro. Em todo caso, temos condições de brigar pelo pódio nas duas provas", diz o paraibano, que fez o nono melhor tempo ao registrar 1m18s986.

Seu companheiro de equipe também faz a mesma avaliação. "A equipe foi muito bem e eu tive condições de estar entre os cinco melhores, mas acabei não encaixando a melhor parcial em minha volta ideal e perdi de 2 a 3 décimos, que seriam suficientes para me promover ao top-5 do grid", diz Zonta, que larga na 12ª colocação, após marcar 1m19s026.

A rodada dupla da Stock Car será disputada amanhã, a partir das 13h, com transmissão ao vivo do Sportv.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x