19 de Fevereiro de 2016 - 09h34

Ricardo Sperafico e Danilo Dirani são os convidados da Red Bull para Curitiba

Paranaense será o parceiro de Cacá Bueno, enquanto Dirani guiará ao lado de Daniel Serra
Ricardo Sperafico e Danilo Dirani são os convidados da Red Bull para Curitiba Duda Bairros/Vicar

Um dia depois da apresentação das novas cores da Red Bull Racing na Fórmula 1, é hora de anunciar nossas duplas para a corrida de abertura da temporada da Stock Car, marcada para o próximo dia 6 de março, em Curitiba, no Paraná.

Os dois pilotos escolhidos são muito conhecidos nas pistas brasileiras. Cacá Bueno optou por Ricardo Sperafico, 36 anos, dono de um currículo respeitável dentro da própria categoria. Ricardo soma três pole positions na Stock Car, onde já disputou mais de 70 corridas. Acostumado a guiar para equipes de ponta, o paranaense de Toledo estreou na categoria em 2007, justamente na estrutura que hoje abriga a Red Bull Racing.

“A corrida de duplas não é mais uma novidade para as equipes. Ela está cada vez mais competitiva e já vimos a diferença que faz ter um piloto experiente no carro. Convidamos o Ricardo justamente por isso, porque ele é um cara rápido e que conhece o ‘Stockão’. Acho que vamos formar uma dupla homogênea para buscar os pontos que a gente quer no campeonato”, disse Cacá Bueno, atual vice-campeão da categoria.

Com passagem pela antiga Fórmula 3000 Internacional (equivalente à GP2 nos dias atuais), Ricardo chegou a ser piloto de testes da Williams na Fórmula 1. “Fiquei muito feliz pelo convite, principalmente porque a Red Bull Racing usa a estrutura chefiada pelo Andreas Mattheis, que é justamente onde eu comecei a minha história na Stock Car. É um retorno especial para mim por competir por uma equipe e uma marca tão bem-sucedida no automobilismo, ao lado de um cara muito forte que é o Cacá Bueno. Vou ajudar como for possível para tentar retribuir essa confiança que o Cacá e a equipe depositaram em mim”, afirmou o paranaense, cujo irmão gêmeo Rodrigo também estará entre os pilotos convidados, ao lado de Felipe Fraga, na Voxx Racing.

Já Daniel Serra escolheu Danilo Dirani, 33 anos, um dos nomes mais importantes da história do kart brasileiro. Os dois, aliás, se conhecessem dessa época. “É importante ter um entrosamento legal com quem vai dividir o carro com você e acho que com o Danilo eu tenho isso, essa liberdade de trocar ideias e achar o melhor caminho. Ele é um cara muito rápido, que conheço há mais de 20 anos e que andou bem em todo tipo de carro. Então temos a tranquilidade de que é alguém que chega para ajudar bastante nesta primeira corrida de 2016”, apontou Serrinha.

Depois, Danilo seguiu a vida, foi campeão da Fórmula 3 Sul-Americana e também namorou a Fórmula 1, ocupando um lugar no programa de jovens pilotos da extinta BAR, atual equipe Mercedes. Em 2015, o piloto disputou o Campeonato Brasileiro de Turismo, onde venceu duas provas.

“Será uma experiência totalmente nova pra mim, minha estreia na Stock Car. Só por isso já seria uma oportunidade muito bacana, mas ainda tem o fato de ser por uma das melhores equipe da categoria e ao lado do Serrinha, que é um piloto que está todo ano brigando pelo título. Isso aumenta a minha responsabilidade de ajudar a equipe a começar bem o ano. É o que eu quero fazer e acho que vou me divertir bastante”, espera Dirani.

O objetivo da Red Bull Racing foi criar duplas que pudessem começar o ano já com o pé cravado no acelerador, para garantir aqueles pontos que podem fazer toda a diferença lá na frente.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x