4 de Março de 2016 - 09h55

Barrichello apresenta Farfus em coletiva de imprensa em Curitiba

Piloto e seu convidado para a Corrida de Duplas responderam perguntas de jornalistas durante jantar descontraído
Barrichello apresenta Farfus em coletiva de imprensa em Curitiba Duda Bairros/Vicar

A Stock Car se prepara para a abertura da temporada 2016, que acontece no dia 6 de março, no Autódromo Internacional de Curitiba. A capital paranaense irá receber a tradicional Corrida de Duplas, em que os titulares chamam convidados para dividir o carro nas pistas.

Na noite da quinta-feira (3), Rubens Barrichello organizou uma coletiva de imprensa para apresentar Augusto Farfus, que já foi seu companheiro na primeira edição do evento, em 2014. Em uma churrascaria da capital paranaense, os pilotos receberam jornalistas, responderam perguntas e tiraram fotos com os presentes.

Farfus, que há vários anos corre na Europa, afirmou que apesar de ter recebido outros convites, sua preferência era pelo antigo colega de pistas. “A primeira e única opção foi o Rubens. Quando liguei para ele perguntando se estava de pé, ele disse que sim. Já conhecer ele facilita, ele sabe o que esperar de mim e eu sei o que esperar dele”, disse o curitibano, que corre no DTM – a Stock Car alemã – competindo pela BMW.

“A gente tem uma leitura do carro, uma visão do carro muito próxima. Já corremos de kart juntos, fizemos as 500 Milhas (de kart). A primeira vez que fui para Interlagos foi uma coisa meio inesperada, mas acabou que deu muito certo, então acaba que isso ajuda bastante”.

O parceiro de Barrichello ainda falou que encara a Stock Car como uma categoria em que encerraria com chave de ouro sua trajetória profissional. “Fechar o ciclo da carreira a Stock Car poderia ser uma possibilidade. Foi muito importante essa corrida de convidados, para mim no caso, para outros brasileiros que não tinham tido a oportunidade de sentar num carro da categoria. Eu já respeitava a categoria demais, mas depois que vim e participei, é realmente uma categoria bacana. Quem sabe daqui alguns anos eu não venha para cá?”, perguntou. “É uma categoria que tenho muito carinho, e acabou mostrando que é bacana, e muitos pilotos que correm aqui e vão para a Europa falam bem”, encerrou.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x