13 de Abril de 2016 - 09h58

Átila Abreu cumpre estratégia à risca no Velopark e é quarto no campeonato

Piloto leva o Chevrolet #51 de 17º para oitavo na primeira bateria e termina a segunda no pódio
Átila Abreu cumpre estratégia à risca no Velopark e é quarto no campeonato Duda Bairros/Vicar

Átila Abreu novamente fez uma bela prova de recuperação na Stock Car e conseguiu reverter no domingo o contratempo que o Chevrolet #51 enfrentou na tomada de tempo do sábado. O competidor da Shell Racing conquistou nove posições na primeira bateria, saltando de 17º para oitavo na bandeirada.

Com a inversão do grid, na segunda corrida o sorocabano partiu de terceiro no grid e recebeu a bandeirada na mesma posição no autódromo mais curto do calendário.

Depois de duas etapas, Átila é quarto no campeonato, com 29 pontos e está a 8 do líder.

“Estou chegando agora à Shell Racing e temos muita coisa para aprender, com esse regulamento novo e menos pneus. Nesta etapa com treinos livres praticamente colados foi um pouco confuso e isso atrapalhou um pouco a tomada. Mas é uma equipe muito guerreira, que não desiste nunca e o carro melhorou muito para domingo. Estamos em quarto no campeonato, empatados e sei que temos margem para evoluir ainda mais e brigar pelo título”, disse o sorocabano.

A recuperação foi pavimentada por uma bela primeira volta na corrida 1, quando o vice-campeão de 2014 superou nada menos que cinco oponentes.

“A largada aqui é sempre uma incógnita, com histórico de contato na primeira curva. Depois que apagou a luz consegui pular bem e na freada da segunda curva para esquerda todos vieram para dentro se fechando, então arrisquei por fora. Tomei um pouco de risco porque poderia alguém rodar e me levar junto. Mas sabia que para fazer a diferença precisava tentar algo a mais na largada. Aí subi de 17º para 12º e ali me credenciou para o resto da etapa”, disse o piloto.

No término da segunda volta, o safety-car foi acionado pela primeira vez, neutralizando o pelotão. A corrida relargou na volta 6 e, dez giros depois, Átila figurava em 11º. Na volta 19 ele passou em décimo, depois avançou para nono na volta 34 e a oitavo na 39.

Na segunda bateria, o Chevrolet #51 largou em terceiro e segurou a posição depois da luz verde. Com um bom ritmo, ele permaneceu inabalável e trocou de posição com Felipe Fraga na volta 13, para dar o troco na passagem seguinte com o botão de ultrapassagem. No fim, cruzou em terceiro, seu primeiro pódio pela Shell Racing e o 26º na carreira na principal categoria do automobilismo nacional.

“Tomei uma surpresa quando o Fraga numa excelente manobra passou o Denis Navarro e jogou pra cima de mim no fim da reta, achei que ele não ia fazer a curva mas conseguiu segurar. Na volta seguinte consegui dar o troco e daí vi que ele estava sem push, porque não continuou pressionando. Aí percebi que daria o primeiro pódio na nova equipe.

A Stock Car compete em Goiânia na próxima etapa, no dia 22 de maio.

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x