1 de Novembro de 2016 - 14h23

Átila Abreu vê chance de pódio escapar em Curitiba com pneu furado

Chevrolet #51 vinha em terceiro a seis voltas do fim da corrida 2 quando abandonou
Átila Abreu vê chance de pódio escapar em Curitiba com pneu furado Foto: Victor Eleutério/Vicar

Novamente na base da estratégia, Átila Abreu vinha credenciado para mais um pódio na Stock Car. Mas um furo no pneu fez o vice-campeão de 2014 recolher o Chevrolet #51 a seis voltas do final da segunda corrida em Curitiba, quando vinha em terceiro lugar.

O script foi bastante parecido com o da jornada anterior da maior categoria nacional, há três semanas em Londrina: o competidor da Shell Racing abriu a janela de pits na primeira bateria, terminou a prova no meio do grid e era um dos raros pilotos sem necessidade de parar na corrida final. Na ocasião terminou em segundo, seu melhor resultado pela escuderia que passou a defender em 2016.

“A gente não tinha um ritmo rápido na primeira corrida e tomei uns toques na largada, um risco a que sempre estamos expostos largando no meio do pelotão. Então perto da décima volta o carro ficou muito traseiro, difícil de guiar. Aí fizemos a parada seguindo a estratégia combinada. Quando acabou a primeira corrida vimos no grid que os pneus tinham menos da metade da pressão ideal. Acho que alguma fibra que foi encostando fez eles murcharem. O regulamento não permite trocar os pneus, então fomos para o risco. Menos mal que furou num ponto da pista onde consegui controlar, mas poderia ter inclusive acontecido um acidente mais grave. Mas antes do pneu perder pressão estávamos brigando com o Vitor Genz e acho que daria para tentar disputar novamente o pódio”, relatou o piloto.

Com o 17o lugar na primeira bateria e o abandono na segunda, Átila sustentou a 12a posição no campeonato. Ele agora soma 116 pontos e está a 14 do top10.

Neste final de semana acontece a décima etapa da temporada, em Goiânia (GO).

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x