18 de Novembro de 2016 - 18h30

Conheça o mais novo (e mais longo) autódromo do Brasil: Circuito dos Cristais

Equipe Shell Racing apresenta, com os pilotos Ricardo Zonta e Átila Abreu, o palco da penúltima etapa da temporada da Stock Car, que pela primeira vez corre nesta pista e no estado de Minas Gerais
Conheça o mais novo (e mais longo) autódromo do Brasil: Circuito dos Cristais Foto: Duda Bairros/Vicar

A Stock Car acelerou pela primeira vez em uma competição oficial em Minas Gerais hoje, no primeiro dia de treinos da penúltima etapa da temporada 2016, que será disputada no Circuito dos Cristais, em Curvelo (MG). Os pilotos foram unânimes em apontar o traçado como um dos mais seletivos do calendário, como explicam Átila Abreu e Ricardo Zonta, da Shell Racing.

Outra curiosidade é que esta pista passa a ser a maior de toda temporada - ultrapassando em cerca de 100 metros o tradicional circuito de Interlagos. Veja o vídeo com uma volta on board no carro da Shell Racing como é o traçado composto por 18 curvas e com 4.420 metros de extensão, o que exige uma troca de marchas em número recorde na temporada: 25 em uma volta.

Circuito dos Cristais:

Extensão: 4.420 metros
Curvas: 18
Reta mais longa: 800 metros (dos boxes)
Velocidade máxima: 220 km/h (sem push, 240 km/h com push)
Menor velocidade: 70 km/h (curva 18, entrada da reta dos boxes)
Trocas de marcha: 25

Átila Abreu, piloto da Shell Racing:

"O circuito de Curvelo é bem desafiador. Mesmo a pista sendo de média para baixa velocidade, o traçado tem várias curvas cegas, onde o piloto não consegue ver a saída dela. É o nosso circuito mais longo do calendário (4,4 km), então os pilotos tem feito ela em aproximadamente 1min50, então é muito difícil fazer uma volta perfeita, já que ela tem 18 curvas e trechos que exigem bastante técnica do piloto com subidas e descidas. É muito difícil o carro estar rápido em todos os trechos da pista. O circuito lembra muito as pistas europeias, que costumam ser mais longas e têm vários setores diferentes. Fico feliz de termos mais uma praça para o automobilismo e espero que a corrida seja emocionante".

Ricardo Zonta, piloto da Shell Racing:

"É uma pista de características bem distintas, com a mistura de elementos de outras pistas. O primeiro trecho lembra algumas curvas de Santa Cruz do Sul, enquanto a parte final, mais travada, tem características semelhantes a Londrina. Por outro lado, as áreas de escape podem resultar em alguns pontos parecidos com um circuito de rua, onde não se pode cometer erros. Hoje vimos diversas bandeiras vermelhas por conta disso. De maneira geral, ficamos felizes com a inauguração de mais um autódromo no Brasil e temos a certeza de que o Circuito dos Cristais vai proporcionar duas corridas emocionantes no domingo".

Venda de ticket

Compre já seu ingresso
para a próxima etapa!

Clique aqui e
garanta o seu.
x