Etapa

Etapa 11 Goiânia

Autódromo Internacional de Goiânia - Misto

Informações sobre a etapa

Treinos Livres

02/11 - 10h00

03/11 - 10h10

Classificatório

03/11 - 14h10

Corrida 1

04/11 - 13h00

Corrida 2

04/11 - 14h05

Classificação

Chegada 1
Chegada 2
Pontos

Ricardo Zonta

1

28

30

Diego Nunes

2

17

26

Felipe Fraga

3

3

36

Daniel Serra

4

6

27

Gabriel Casagrande

5

5

27

Rubens Barrichello

6

22

15

Nelson Piquet Jr

7

2

30

Julio Campos

8

9

15

Átila Abreu

9

20

9

10º

Cesar Ramos

10

25

7

11º

Felipe Lapenna

11

26

5

12º

Rafael Suzuki

12

10

7

13º

Marcos Gomes

13

23

3

14º

Thiago Camilo

14

21

2

15º

Max Wilson

15

1

21

16º

Valdeno Brito

16

11

2

17º

Bruno Baptista

17

24

0

18º

Lucas Foresti

18

18

0

19º

Guga Lima

19

19

0

20º

Cacá Bueno

20

29

0

21º

Galid Osman

21

13

0

22º

Vitor Genz

22

7

6

23º

Ricardo Maurício

23

12

1

24º

Ricardo Sperafico

24

27

0

25º

Denis Navarro

25

16

0

26º

Antonio Pizzonia

26

14

0

27º

Lucas Di Grassi

27

4

12

28º

Bia Figueiredo

28

15

0

29º

Allam Khodair

29

8

5

30º

Sérgio Jimenez

30

30

0

31º

Renato Braga

31

31

0

Galeria

História

O Autódromo de Goiânia foi inaugurado em 1974, e cinco anos depois fez parte do primeiro calendário da história da Stock Car. Seu maior vencedor é o 12 vezes campeão Ingo Hoffmann, com nada menos que 12 triunfos. A pista ficou 13 anos sem receber a categoria e após grande reforma retornou ao calendário em 2014. É considerada uma das pistas mais seguras do país, com largas áreas de escape e três opções de traçado – o principal deles tem 3.835 metros.

Foi o circuito onde Rubens Barrichello conquistou sua primeira vitória na Stock Car – e justamente na Corrida do Milhão -, em 2014. Em 2015, mais uma edição da Corrida do Milhão foi disputada no autódromo, desta vez vencida por Thiago Camilo – que se tornou o maior vencedor da pista entre os pilotos em atividade na categoria.


Quem manda

Piloto
Venceu em

em breve