Últimas notícias

Bolo e Q2 para Suzuki em Goiânia

Os companheiros Guilherme Salas e Renato Braga largam em 21º e 33º, respectivamente, no anel externo de Goiânia

Como esperada, a definição do grid de largada para a Corrida do Milhão, neste sábado (dia 4), em Goiânia (GO), foi bastante apertada. A disputa no anel externo de 2.696 metros já quebrou recordes de velocidade, com os pilotos fazendo suas voltas acima de 200 km/h de média. E nesta briga por milésimos o atual campeão e líder da temporada Daniel Serra garantiu a pole position.

Na equipe Bardahl Hot Car Competições, o paulista Rafael Suzuki conquistou o melhor resultado e passou para o Q2. Suzuki vai largar em 15º, com os companheiros Guilherme Salas em 21º e Renato Braga, em 33º. A corrida milionária deste domingo (5) terá sua largada às 11h30, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Com 40 minutos de disputas e dois pit stops obrigatórios, a corrida vai exigir um trabalho minucioso na estratégia das equipes. A prova promete emoção do começo ao fim.

“Vai ser uma questão de encaixar tudo: uma boa estratégia, um bom ritmo, um bom pit stop. E também não se envolver em ‘enrosco’. A gente viu na corrida da Stock Light que teve bastante confusão, mas é algo imprevisível. Vamos tentar fazer uma corrida limpa, ter um bom ritmo e acertar a estratégia para conseguir ter uma chance de brigar lá na frente e somar pontos importantes no campeonato”, comentou Suzuki, que ficou satisfeito com a evolução do Stock #8 para o classificatório.

“Estávamos com dificuldades no acerto do carro. Pela manhã, o resultado do treino livre foi longe do que a gente queria. Mas a equipe viu que havia algo errado no carro e fizemos todo um trabalho entre o treino e a classificação. Apesar do tempo apertado, encontramos um novo acerto, arrumamos algumas coisas e o carro já era completamente diferente”, contou o paulista, que já tem três Top-10 e dois Top-15 em 2018.

“Infelizmente, só na classificação consegui ter um ‘feeling’ melhor do carro, mas antes tarde do que nunca. Já é o nosso segundo Q2 em três corridas e isso é importante. Essa posição nos ajuda a ter o objetivo de pelo menos chegar entre os 10 primeiros. Estou feliz com a evolução”, completou Suzuki, que ganhou bolo surpresa nos boxes, bem como o chefe de equipe Amadeu Rodrigues. O piloto completa 31 anos no dia 13 de agosto. Rodrigues faz 63 na próxima segunda-feira (6).

No Stock #117, Salas também tinha a expectativa de largar entre os Top-15. Nos treinos livres, o piloto virou rápido, mas pequenos detalhes mudaram tudo no classificatório. “A expectativa era boa, tentar lagar entre os dez primeiros, mas neste tipo de pista qualquer detalhe custa caro. Qualquer detalhezinho pode te levar para o céu ou para o inferno”, ressaltou o piloto de Jundiaí, interior de São Paulo.

“A temperatura da pista aumentou bem na classificação. Nosso carro perdeu algumas características que eram boas durante os treinos e faltou um conjunto”, continuou Salas, que também vai trabalhar com o time em busca da melhor estratégia para a corrida.

“No último treino fizemos um simulado de corrida e o carro estava bom. A estratégia vai fazer a diferença, porque é uma corrida curta, com duas paradas nos boxes e a equipe vai contar muito”, finalizou.

Correndo em casa, o goiano Renato Braga seguiu sua adaptação no Stock #555 e vai largar da 33ª posição.

Confira o grid de largada para a Corrida do Milhão:
1. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - 47.852
2. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - 47.864
3. 444 Felix da Costa (Hero Motorsport II) - 47.870
4. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - 47.938
5. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) - 47.995
6. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) - 48.079
Q2
7. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - 47.768
8. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) - 47.787
9. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) - 47.803
10. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - 47.814
11. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - 47.864
12. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) - 47.892
13. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - 47.913
14. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - 47.914
15. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) - 48.009
Q1
16. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) - 47.939
17. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) - 47.954
18. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - 48.011
19. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) - 48.037
20. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - 48.039
21. 117 Guilherme Salas (Bardahl Hot Car) - 48.062
22. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) - 48.066
23. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - 48.067
24. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) - 48.132
25. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) - 48.134
26. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - 48.149
27. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - 48.176
28. 19 Felipe Massa (Cimed Chevrolet Team) - 48.200
29. 86 Agustín Canapino (Cimed Chevrolet Team) - 48.263
30. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) - 48.278
31. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - 48.323
32. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) - 48.365
33. 555 Renato Braga (Bardahl Cifarma RZ) - 49.028
Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato até o momento (Top-10):
1. Daniel Serra - 152 pontos
2. Marcos Gomes - 109
3. Felipe Fraga - 92
4. Max Wilson - 90
5. Julio Campos - 89
6. Cacá Bueno - 80
7. Rubens Barrichello - 80
8. Lucas di Grassi - 68
9. Átila Abreu - 65
10. Ricardo Zonta - 53
17. Rafael Suzuki - 25
26. Guilherme Salas – 3

Informações sobre a equipe Hot Car e patrocinadores, acesse:
www.hotcarcompeticoes.com.br
www.facebook.com/hotcarcompeticoes
www.twitter.com/hot_car
instagram.com/hotcarcompeticoes

Mais informações para a imprensa:

Promax Bardahl
Fernanda Gonçalves
+55(11) 4898-8611
+55 (11) 98245-4511
[email protected]
www.lojabardahl.com.br
www.facebook.com/BardahlBR