Últimas notícias

Cavaleiro Sports belisca o top10 em Curitiba

Equipe garantiu pontos importantes para o campeonato, que teve sua segunda etapa disputada neste final de semana

A segunda etapa da Stock Car, no Autódromo Internacional de Curitiba, foi um grande espetáculo para o público. Na pista, o que se viu foi um festival de ultrapassagens e boas disputas a cada volta.

Para o trio da Cavaleiro Sports a etapa foi de muito trabalho na busca por resultados, onde alguns problemas técnicos e um safety car na segunda prova do dia acabaram prejudicando o resultado final.

Confira o que eles falaram:

Denis Navarro (Cavaleiro Cimed) P11 e P15: “O carro no final da corrida estava bem difícil de guiar, bem traseiro. É coisa de corrida, porque no começo o carro era bom vamos tentar entender o que aconteceu para que nas próximas a gente progrida mais”.

Felipe Lapenna (Cavaleiro Confuflex) não completou e P12: “Nós tivemos um problema na primeira corrida com o carro, que começou a ficar ruim, como se estivesse com um pneu furado. Entramos para o box, trocamos essa peça e resolveu. Na segunda corrida, nós largamos de último e foi uma corrida muito boa. Já conquistamos algumas posições na largada. Viemos para cima ultrapassando e acabou dando o 12º lugar. Poderia ter sido até um pouco melhor em uma disputa no final, mas foi uma boa prova e ainda ganhamos pontos”.

Galid Osman (Cavaleiro Ipiranga) P17 e P19: “O safety car atrapalhou muito minha corrida. Uma pena, porque o carro era muito rápido tínhamos o melhor ritmo da pista. Agora é trabalhar, e pensar na próxima corrida em melhorar na classificação. No Velopark eu tenho um bom retrospecto. Sempre andamos bem lá, já vencemos. Então, a expectativa é boa, vamos trabalhar para ter um bom resultado”.

 

Resultado – Corrida 1*:
1. 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 30 voltas em 42:28.634
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 1.824
3. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 2.843
4. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi) – a 3.507
5. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 5.708
6. 11 Lucas di Grassi (Hero Motorsport) – a 6.743
7. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 10.988
8. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 11.552
9. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing Team) – a 13.781
10. 8 Guilherme Salas (Bardahl Hot Car) – a 15.766
11. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 17.125
12. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 18.167
13. 111 Rubens Barrichello (Full Time) – a 18.948
14. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – 23.231
15. 33 Nelson Piquet Jr (Texaco Racing) – a 24.453
16. 90 Ricardo Maurício (Full Time) – a 27.645
17. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 28.109
18. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 2 voltas
19. 117 Guilherme Salas (Bardahl Hot Car) – a 2 voltas
20. 70 Diego Nunes (Texaco Racing) – a 2 voltas
21. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 5 voltas
22. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 6 voltas
23. 55 Sérgio Jimenez (Squadra G Force) – a 6 voltas
24. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi) – a 8 voltas
NÃO COMPLETARAM (75% DA PROVA)
25. 9 Guga Lima (Squadra G Force) – a 9 voltas
26. 45 Fabio Carbone (Scuderia Colón) – a 11 voltas
27. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 11 voltas
28. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 13 voltas
29. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 14 voltas
30. 61 Fernando Croce (Scuderia Colón) – a 15 voltas
31. 12 Lucas Foresti (Cimed Racing Team) – a 18 voltas
32. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 18 voltas
33. 25 Tuka Rocha (Vogel Motorsport) – a 22 voltas
MELHOR VOLTA: Felipe Fraga – 1:09.097
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Resultado Corrida 2 – Stock Car*:
1. 11 Lucas di Grassi (Hero Motorsport) – 28 voltas em 41:30.922
2. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 0.661
3. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 1.886
4. 111 Rubens Barrichello (Full Time) – a 5.777
5. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi) – a 6.909
6. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 7.536
7. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 8.353
8. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 8.856
9. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 9.470
10. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 10.538
11. 25 Tuka Rocha (Vogel Motorsport) – a 11.091
12. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 11.535
13. 45 Fabio Carbone (Scuderia Colón) – a 14.137
14. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 14.676
15. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 15.936
16. 70 Diego Nunes (Texaco Racing) – a 40.154
17. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 42.154
18. 33 Nelson Piquet Jr (Texaco Racing) – a 44.189
19. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 46.607
20. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 2 voltas
NÃO COMPLETARAM (75% DE PROVA)
21. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 12 voltas
22. 9 Guga Lima (Squadra G Force) – a 14 voltas
23. 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 21 voltas
24. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing Team) – a 23 voltas
25. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 23 voltas
26. 61 Fernando Croce (Scuderia Colón) – a 23 voltas
27. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi) – a 24 voltas
28. 90 Ricardo Maurício (Full Time) – a 25 voltas
MELHOR VOLTA: Diego Nunes – 1:18.882
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

CONTATOS - MS2 Comunicação

Assessoria Cavaleiro Sports
Glauce Schütz | (51) 98142.2602 | Juliana Marques | (11) 98133.9848