Pilotos

Gabriel Casagrande: melhor temporada da carreira

Paranaense quebra recordes pessoais, soma primeira vitória e termina campeonato entre os dez melhores

O ano de 2017 terá um lugar especial no coração de Gabriel Casagrande. O paranaense de 23 anos teve nesta temporada seu melhor desempenho desde que ingressou na Stock Car, em 2013 e os números mostram isso: ele somou a primeira vitória em Curvelo, somou dois pódios e duas voltas mais rápidas, encerrando a competição na décima posição com 184 pontos.

"Saio feliz desta temporada onde iniciamos uma parceria que se mostrou bem-sucedida e conquistei resultados inéditos na minha carreira. Agradeço imensamente a todos da equipe Júpiter Baterias/Vogel Motorsport pelo empenho e a todos os patrocinadores pela confiança. Se neste ano ficamos em décimo, no ano que vem o objetivo é ainda maior", comenta Casagrande.

"Tivemos uma etapa difícil em Interlagos e ele não refletiu a temporada que se passou. Mas agora o foco é outro: a temporada de 2018. Antes disso tem meu Grêmio amanhã, então posso dizer que no meu caso a emoção não acabou!", brinca o piloto, tricolor doente que corre com o número 83 por conta do ano do mundial do time e correu com a frase #SoyLocoPorTriAmérica no seu carro em alusão ao título da Libertadores.

A prova de abertura da temporada 2018 tem data marcada: no sábado dia 10 de março e contará com a volta da Corrida de Duplas.