Pilotos

Sérgio Jimenez conquista mais um Top-10

Piloto da Bardahl Hot Car marcou pontos nas duas provas em Londrina. Companheiro Guga Lima também pontua

A equipe Hot Car Competições (Bardahl) sai de Londrina, palco da oitava etapa da temporada 2017 da Stock Car, com bons resultados e confiante principalmente com o ritmo apresentado pelos carros de Sérgio Jimenez e Guga Lima.

Jimenez, que partiu de 17º na corrida 1, foi o 14º e completou a segunda prova em oitavo, marcando o total de 14 pontos na etapa. Já o companheiro Guga Lima adotou a estratégia de priorizar a corrida 2 e finalizou a bateria em 14º.

Os vencedores das provas foram Thiago Camilo e Ricardo Zonta. Camilo, vice-líder, encostou ainda mais no líder Daniel Serra (235 contra 222). Serra chegou em segundo na bateria principal, mas abandonou a prova seguinte envolvido num acidente que também colocou um fim à disputa de Camilo.

Jimenez ficou satisfeito com mais um Top-10 na temporada e quer mais. “Temos de comemorar o bom ritmo do carro. Na primeira corrida, acabamos adotando a mesma estratégia de quase todo mundo e não deu para ‘crescer’ muito. Também não tive sorte numa disputa. Estava brigando com o Átila (Abreu), ele passou e eu fiquei preso atrás de outros carros. Se tivesse me livrado mais fácil, conseguiria brigar mais à frente”, comentou o piloto de Piedade, interior de São Paulo.

“Não chegamos com um acerto tão bom nos treinos, mas a equipe está de parabéns, pois melhoramos o carro, conseguimos virar o jogo e crescemos. Vamos trabalhar para chegar melhor e só trabalhar no ajuste fino, pois largando mais à frente temos todas as chances de brigar por pódios e vitórias”, completou o piloto do Stock #73.

Guga também tinha boas chances de marcar mais pontos, mas acabou prejudicado por um incidente. “Priorizamos a segunda corrida e, logo na primeira volta, eu já era o 21o, depois de largar do final do grid, mas teve um acidente a minha frente e precisei sair da pista para desviar do carro que rodou e isso me fez perder as posições que tinha ganhado. Tive de remar tudo de novo e, no final, só deu para ‘salvar’ um ponto”, contou o piloto do Stock #9.

De Londrina a Stock Car parte para Buenos Aires, na Argentina, palco da sua nona etapa no dia 1º de outubro. Será a volta da principal categoria do Brasil ao país sul-americano depois de 10 anos.