Pilotos

Tarumã: pista histórica para Prati-Donaduzzi

Julio Campos e Antonio Pizzonia, vencedores em 2014, sonham ver o raio caindo no mesmo lugar neste domingo

Palco da primeira corrida da Stock Car em 1979, o circuito gaúcho de Tarumã – que neste fim de semana recebe a 10ª e antepenúltima etapa da temporada – tem lugar também na história da Prati-Donaduzzi. Foi lá que a equipe conquistou um feito até então inédito ao ganhar as duas provas da rodada dupla de 2014, naquela que foi a primeira vitória de Julio Campos e a segunda de Antonio Pizzonia na categoria. Três anos depois, o curitibano e o amazonense vão tentar provar que um raio pode, sim, cair duas vezes no mesmo lugar, ao contrário do que a sabedoria popular propaga e a ciência desmente.

Campos e Pizzonia dominaram aquelas provas num domingo para lá de tumultuado. As chuvas torrenciais características desta época na região – e que devem marcar presença igualmente nos próximos dias, de acordo com a meteorologia – não deram trégua até o meio da tarde e causaram um atraso de várias horas na programação. A etapa conviveu com o risco de cancelamento. Antes que fosse definitivamente confirmada, vários pilotos já haviam abandonado o autódromo do município de Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre. Alguns foram “resgatados” no aeroporto, prontos para deixar a capital.

Na pista, com as condições do asfalto variando entre molhado, úmido e seco, Campos e Pizzonia deram um show. Campos, depois de bater na trave por diversas vezes, finalmente quebrou a seca de vitória. “Tirei um piano de cima dos meus ombros”, disse, aliviado, depois de receber a bandeirada quadriculada na primeira bateria, que ainda teve Pizzonia como dono da volta mais rápida. Na segunda, Pizzonia soube tirar proveito do grid invertido e não deu chances para ninguém, liderando de ponta a ponta. “Parece que o Rio Grande do Sul me dá sorte mesmo”, lembrou. Fazia sentido: em abril, ele ganhara também em Santa Cruz do Sul, no interior do estado.

Nesta quinta-feira, Campos e Pizzonia participarão da ação promocional que pretende atrair a atenção do público local para a chegada da Stock Car. Eles estarão na tarde de autógrafos organizada para as 14 horas diante do Mercado Municipal, no centro de Porto Alegre. Será o ponto final da carreata que partirá pouco antes do Parque Farroupilha. Os dois vêm de resultados satisfatórios em Buenos Aires, onde Campos brilhou com um 4º lugar no complemento da programação depois de sair das últimas filas e Pizzonia somou 16 pontos com um 8º e um 12º lugares.