Últimas notícias

Um litro de leite para ver os treinos

Ação conjunta entre Stock Car e equipe Eurofarma acontece na praça Joaquim Lúcio com a presença de Daniel Serra, Ricardo Maurício e Max Wilson

Em parceria com a equipe Eurofarma, a Vicar, organizadora da Stock Car, preparou uma ação inédita para o treino classificatório da Corrida do Milhão, que acontece no dia 5 de agosto a partir das 11h30, no autódromo internacional Ayrton Senna. Os ingressos serão trocados por um litro de leite e o público poderá acompanhar de perto, quem será o pole position da corrida milionária.

No dia 2 de agosto a partir das 9 horas, o V8 Stock Car da equipe pentacampeã estará estacionado na praça Joaquim Lúcio, onde será realizada a troca do leite por ingressos para o classificatório. As primeiras 200 trocas ainda dão direito a um boné da equipe Eurofarma. Das 11h ao meio dia, os pilotos Daniel Serra, Ricardo Maurício e Max Wilson farão a troca, pessoalmente, dando autógrafos e fazendo fotos com os doadores. A troca termina às 12h30, onde pilotos e carro seguirão para uma visita ao CRAS Vila Isaura.

A ação social tem o objetivo de chamar a atenção do público para a causa da intolerância à lactose, que afeta cerca de 35% dos brasileiros. Além de trocar litros de leite por ingressos, os carros da equipe Eurofarma também irão ganhar mais uma camada de leite em sua pintura, mostrando que mais pessoas estão se informando e que a causa e a informação do público crescem a cada dia. “Com esta ação conseguimos promover a causa da intolerância à lactose, ajudar quem precisa de leite e trazer os fãs da Stock Car para viver toda a emoção da Corrida do Milhão”, sintetiza Andrea Frazão, gerente de Marketing da Eurofarma.

O treino de classificação é o primeiro grande momento da corrida, pois define o grid de largada. “Quanto mais próximo das primeiras posições, maiores são as chances de vitória, por isso, é tão importante”, explica o atual líder, Daniel Serra, que já conquistou cinco poles nas últimas quinze etapas, um dos maiores índices da categoria.

Para chegar ao resultado, pilotos e equipes preparam um carro especial para o momento da classificação. “Costumamos dizer que temos um carro para classificar e outro para correr”, comenta Max Wilson. Isso porque, a formação do grid é composto por três sequências de tomadas de tempo. Nesse período, os pneus não podem ser trocados e o piloto anda no limite para reduzir milésimos de segundos em relação aos adversários. Isso exige um carro mais agressivo por um período mais curto.

A primeira tomada é chamada de Q1, onde os pilotos são divididos em dois grupos e apenas os quinze mais rápidos seguem na disputa. Depois, durante o Q2, esses pilotos voltam para a pista e apenas os 6 mais rápidos disputam a pole position. Ao final, cada piloto tem uma volta de aquecimento e uma volta lançada onde é feita e tomada de tempo. O mais rápido, larga em primeiro na prova. “Os pneus se desgastam rapidamente, e quanto antes conseguimos cravar um bom tempo nas voltas iniciais, antes podemos voltar para o box e economizar pneus para o desafio do Q1”, explica Ricardo Maurício. Por esse motivo, o classificatório costuma ser tão emocionante quanto a corrida.

Definidas as posições, as equipes iniciam os preparativos para aguentar os desafios de uma prova mais longa, pensando além dos aspectos técnicos do carro, a guiada do piloto, a temperatura, as condições da pista, entre outros detalhes.

Em Goiânia, quem quiser acompanhar as emoções do treino classificatório, poderá ir diretamente até a portaria X do autódromo, sábado, 4 de agosto, entre 9h e 12h30, onde as promotoras da equipe Eurofarma estarão efetuando a troca. Serão aceitos apenas leites Longa Vida e cada litro vale um ingresso. Crianças com idade inferior aos cinco anos de idade não podem entrar no autódromo. De cinco a dez anos não precisam efetuar a troca, desde que acompanhadas de pais ou responsáveis.

A corrida do Milhão acontece no dia 5 de agosto, às 11h30, com transmissão ao vivo pela Globo.